Acerca do projeto

AQUA NARRABILIS – Acquisition of Basic skills In LIbraries and Schools

O projeto “Aqua Narrabilis” foi financiado em Outubro de 2014 pela ação Erasmus+ da Comissão Europeia. Somos 6 parceiros de 5 países: Áustria, Portugal, Polónia, Chipre e Bulgária. O tema escolhido foi o de “contar histórias” porque pensamos que” fazer-se ouvir” é uma competência fundamental no mundo globalizado. Também a água constitui um elemento vital para todos nós – só um dos países parceiros é que não tem acesso ao mar, mas tem muitos lagos e rios… além disso a água é O recurso essencial para a vida humana e para todo o resto…!

Mais informações sobre o projeto:

As capacidades narrativas são competências para descrever coisas, eventos e contar histórias. São capacidades básicas e competências-chave essenciais para a literacia (a capacidade de ler e escrever), a aprendizagem da língua materna e de uma segunda língua e para a cidadania ativa e participação democrática (ser capaz de fazer-se ouvir).

São também fatores cruciais para uma mais eficaz comunicação em qualquer área do conhecimento.

varna-014_18843372259_oHistórias dramatizadas com base nas imagens de um livro, ler em voz alta, apresentações de álbuns ilustrados em PowerPoint, dramatização de conteúdos com teatros kamishibai, teatros de sombras e fantoches são métodos que contribuem para aumentar a capacidade narrativa, embora o seu valor educativo esteja ainda por definir.                                                                                                            

Nem todos os livros infantis e nem todos os temas se prestam à transmissão de capacidades narrativas. Daí que um dos resultados planeados pelo projeto “Aqua Narrabilis” seja a descrição das condições ideais de ensino aprendizagem das competências narrativas (materiais apropriados, conteúdos e métodos).

 Neste momento estamos a desenvolver:                                                                                                                                                             

  • Métodos Práticos  
  • Materiais práticos (por ex., textos para fantoches ou teatros de sombras)                                                                 
  • Modelos didáticos e recursos educativos de acesso livre (OER) em diferentes línguas europeias para uso em bibliotecas, escolas básicas (6 aos 12 anos) e jardins de infância(3 aos 6 anos).                             20150619_183945

 De modo a poder responder às necessidades de educação para uma cidadania ativa global e para produzir recursos que possam ser usados em todos os países europeus (e fora da Europa), colocámos o enfoque no tópico da ÁGUA, isto é, todas as histórias, todo o material e recursos estão relacionados com o valor ecológico, nutricional, geográfico e sobretudo simbólico da água.